Arquivo da tag: livros

Uma desafio realmente desafiante

Padrão

Então,como eu já mencionei aqui mais de uma vez,amo livros e estava zanzando por blogs de leitura que eu costumo acompanhar quando me deparo com uma resenha desse desafio.Eu já tinha ouvido falar de mais gente fazendo-o,mas na época eu não tinha blog e não via sentido em tentar.Agora,juntando o blog com os fatos de:eu perceber que havia lido livros dentro do desafio nos meses passados,eu ter alguns livros que arranjei nas férias me esperando e meu pouco tempo pra ler(procurando por um estímulo!),pensei,porque não começar?Estou ridiculamente atrasada,eu sei,mas vou TENTAR resenhar os atrasados também o mais rápido possível e não sei linkar a imagem ali do lado,(não sei nem como faz pra diminuir o número de posts por página)mas vou tentar!Lá vai o desafio!

  1. Janeiro: Ler um livro de um autor EUROPEU! (Eu li Um Dia,do David Nichols)
  2. Fevereiro: Ler um livro que tenha um personagem com a inicial do nome igual a do seu nome.(Eu li O Pacto,da Gemma Malley,cujo qual um dos protagonistas se chama Peter)
  3. Março: Ler um livro com a capa verde, vermelha ou azul (Comecei ontem a ler Em Chamas, continuação de Jogos Vorazes da Suzanne Collins e estou me controlando para não ler o dia todo)
  4. Abril:  Ler um livro que tenha cenas que se passem na Africa ou na Ásia. Não precisa ser o livro todo, mas pelo menos algumas cenas! (Eu tenho O Caçador de Pipas,do Khaled Hosseini me esperando a alguns anos -!-, o livro se passa no Afeganistão e esse vai ser um bom momento,se não me deixar tão deprimida quanto quando eu li A Cidade do Sol,do mesmo autor.Jesus,que livro triste.)
  5. Maio: Ler um livro que seja o último de alguma série. (Acho que um mês é o suficiente para me deixar curiosa com a sequencia de Jogos Vorazes,então A Esperança vai ser perfeita)
  6. Junho: Ler um livro que Virou Filme.(Água para elefantes,eu comprei por causa de uma promoção imperdível,terei que lê-lo em algum momento desse ano)
  7. Julho: Ler um livro com mais de 500 páginas.(Quando acabei Eragon,do Christopher Paolini,fiquei obcecada com a história e os enigmas lancados,mas ainda não tinha Eldest para dar vazão a minha curiosidade.Agora eu tenho,então vai ser esse mesmo)
  8. Agosto: Ler um livro lançado no ano do seu nascimento.(Esse foi foda de achar.Gracas a Deus,Pedro Bandeira,um dos meus escritores nacionais favoritos, lançou Pantano de Sangue em 1994 e eu nem estava louca por uma desculpa para arrumar esse livro,então)
  9. Setembro: Ler um livro de um autor que já é falecido.(Aff,não sei o que ler.Escritores falecidos tem aos montes,mas nenhum que eu me interesse enormemente por algum livro em especial.Bem,tem muito tempo,até lá eu decido)
  10. Outubro: Ler um livro de um autor do seu estado.(Conseguiu superar o do ano do nascimento em dificuldade de achar.Eu sei,existem ótimos escritores cariocas,mas eu estava pedindo uma desculpa pra ler Pedro Bandeira ou To com vontade de uma coisa que eu não sei o que é,da Tati Bernardi,mas eles são paulistas.Então eu estou aceitando sugestões)
  11. Novembro: Ler um livro bem fininho. Com menos de 200 páginas.(Tati Bernardi está me tentando profundamente,mas acho que vai ser O Segredo,que eu nunca acabei de ler… )
  12. Dezembro: Ler um livro que você tenha ganho de presente.(Espero fervorosamente ganhar algo mais legal até lá,porque agora eu tenho A História,que é a Bíblia contada de um jeito diferente -mas que eu continuei sem gostar- e O Morro dos Ventos Uivantes,que dispensa apresentações e eu esperneei pra ganhá-lo na época,mas acabei achando um saco.Help!)

Anúncios

Os livros e a vida de sofredor

Padrão

Não,eu não morri!!E voltei com novas ideias(só pode ser um milagre)!!Então,como eu já falei,até demais,eu estou em um cursinho pré-vestibular que vai das 8h as 17h,o que está acabando comigo,assim,só um pouquinho.Calma,esse não é mais um post de reclamação!!A questão é que eu sou um ser que ama ler mas está com o tempo de leitura ridiculamente limitado pelas aulas,apostilas,livro didáticos,entre outros e estou lendo nos intervalos.O que eu percebi de surpreendente foi que as pessoas no curso também leem no intervalo,provavelmente como uma breve fuga nessa vida de sofredor,coisa que eu raramente via na escola.Então,resolvi fazer um post versando sobre essas leituras(bem,eu não vou mencionar ninguém,até porque não conheço quase ninguém naquele lugar,mas se por um acaso você está lendo e é um dos responsáveis por alguma leitura acho isso MUITO DIFÍCIL de acontecer,mas nunca se sabe e tem alguma reclamacão,é só falar comigo que eu edito o post).

Superdicas para ler e interpretar os textos no ENEM(quem lê esse é um cara que quer tentar medicina,se me lembro bem)

A biografia de Roger Federer(esse é uma menina que quer ser engenheira química e acho que ela joga tenis.Sério,é um livro enorme,eu não sei se conseguiria ler algo desse tamanho sobre a vida de outra pessoa sou estranha e sei disso)

A Guerra dos tronos-As cronicas de gelo e fogo(Esse é de um menino que quer engenharia da computação.Este é um daqueles livros que parece que todos os seres que se interessam minimamente por leitura já leram/estão lendo/querem ler.Eu fiquei curiosa no início da febre,mas aí eu vi o tamanho do livro e descobri sobre a quantidade de personagens e de ser uma história meio confusa.Quem sabe um dia?)

Assassin’s Creed-Renascença(esse é de um menino que eu não tenho a mais vaga ideia do que quer fazer.Antes desse momento,eu via esse livro vendendo nas Americanas,sabia que era originário de um video game,mas não sabia o que era.Então eu fui perguntar pro meu irmão do que se trata e ele disse algumas palavras mágicas,como assassinovingança e Florença. Sério,me apaixonei,quem quer me presentear?)

Querido John(esse é de um menino -surpreendente- que quer passar pra escola de cadetes do exército.Eba,alguém lendo um livro que eu conheço e amo!Vou logo dizendo que o filme é um lixo -sério,não tem nada a ver- e a história do John e da Savannah é legal,mas o que mais toca é mesmo a relação dele com o pai -tem que ler pra entender-.O livro me tornou mais altruísta e é povoado de frases perfeitas que dá vontade de postar no status do facebook,sou dessas)

Um Dia(esse eu emprestei pra uma amiga minha que vai tentar direito.O filme é bom sim e faz certo juz ao livro,mas a leitura é daquelas que abre a sua visão sobre essa história de fim completamente broxante.Sério,nada a ver o fim,podia muito bem ter terminado como todos queriam,afinal,o foco eram os anos de amizade deles e o tempo de demora pras coisas darem certo,não o altruísmo da coisa,como era em Querido John).